• Alessandra Pirotelli

Como transformar um evento em algo lucrativo?

Atualizado: 5 de out. de 2018



Com uma simples pesquisa é possível confirmar. Apesar do cenário econômico pelo qual passa o Brasil, o setor de eventos é um dos que mais tem crescido nos últimos anos, além de ser uma fonte de oportunidades para investir e ganhar dinheiro.


Em termos comparativos, um estudo realizado pelo Sebrae Nacional e Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), no período de dez anos, destaca o crescimento. Os números apontam que o setor de eventos deu lucro de R$ 209,2 bilhões, em 2013, 4,32% do PIB brasileiro no período. Em 2002, davam conta de R$ 37 bilhões. Profissionais da área ainda sinalizam que 2017 foi um ano de muito trabalho, e que continua assim em 2018.


Somente nos últimos dias, quantos anúncios de festas, feiras e palestras você viu por lugares onde passou, ou em alguma rede social, ou ficou sabendo ao conversar com amigos? Certamente foram vários! É um mercado que tem muito a oferecer, principalmente para que tem ideias interessantes e vontade de empreender.


Se a sua intenção é começar a produzir eventos do zero ou é dono de um negócio próprio e quer alavancar o seu negócio com eventos, é importante começar pelo caminho certo.


Mas as perguntas vêm logo em seguida: "Como fazer isso?" "Como começar?"


É simples! Aqui vão algumas dicas para ajudar a entender como uma área que só cresce, pode ser uma excelente opção para quem quer lucrar mais fazendo algo que realmente gosta.


Mais imaginação: antes de mais nada, abra a sua mente. Depois, liste tudo o que acha que pode ser interessante para o seu público, ou seja, o que essas pessoas querem ver em um evento. Como se sentem atraídos?

Hoje em dia, as pessoas não querem apenas ir a um evento. Elas esperam ter alguma conexão e memória daquele dia especial. Isso é muito importante para a sua marca ou para seu produto. 


Por isso, a imaginação é uma aliada importantíssima. Assim você consegue pensar em diversas estratégias, sejam elas para um show, um espaço diferenciado, uma palestra que fuja do convencional... O importante é fazer com que aquele evento seja lembrado.


A busca pela experiência: como acabamos de falar, a imaginação ajuda muito na hora de criar um momento inesquecível para o público.

E como fazer isso? Pensando em experiências!

Apesar da variedade de coisas que podem ser feitas, procure pensar em algo relacionado com o seu produto ou marca. Assim a conexão será maior.


Por exemplo, imagine um show de rock. Qual experiência é mais relevante para aquele público? Será que um espaço com apresentações de balé faz sentido? Apesar de uma experiência legal, talvez não agrade tanto quanto uma outra ideia. 


O contexto é tudo. Pense em como você vai apresentar e entregar a experiência para o público-alvo, que tipo de estratégia funciona melhor e como ele vai interagir com ela.


A ação: como você quer fazer o seu evento? Pense e coloque a mão na massa! O importante é dar o primeiro passo. 

Você pode estar pensando agora: "Mas é muito complicado fazer um evento, eu não sei como fazer um."


Mas hoje em dia, fazer eventos ficou muito mais simples do que você imaginava. Com um pouco de dedicação, você pode escolher um curso, seguir algumas instruções e usar as ferramentas certas para que seu evento saia do papel.


A Fórmula de Eventos dá várias dicas a respeito disso, mas em vários sites você também encontra conteúdo interessante.


Mantenha uma frequência: simplesmente faça um primeiro evento, como se fosse um teste, para entender como é que funciona na prática.

Aproveite essa oportunidade para criticar, analisar e perceber o que você pode melhorar e fazer para o público no próximo evento. Ouvir e entender o que as pessoas tem a dizer é essencial. 


Essa interação é essencial para melhorar a experiência do seu público com o seu produto ou negócio num próximo evento. Isso é o mais importante. Avalie, critique e volte ao começo. Quanto mais você exercitar esse lado, mais fácil vai ficando. 


Você que está começando do zero, lembre-se que resultados lucrativos são obtidos nas várias edições de um mesmo evento. Educar o seu público para aquele evento é fundamental e esse processo tem o seu tempo. É a continuidade e a frequência que fazem um evento crescer e atingir o seu estado da arte.


A construção da experiência e todos os seus resultados a partir disso são diretamente proporcionais à dedicação e ao empenho, seja do produtor que está começando, como também do empreendedor que quer transformar o seu negócio em algo mais lucrativo através de eventos.


#alessandrapirotelli #formuladeeventos #sistemaproduzeventos #produzirtransforma #camarotebrasil #euamoproduzireventos #eventos #empreender #empreendedorismo #pequenoempreendedor #liberdadefinanceira #ganhardinheiro #rendaextra #ficaadica #negocioproprio #oimportanteeestaremconstantemovimento #euproduzo #amoeventos #amoempreender #querofazeraminhafesta #amofazerfesta #amofesta #querofazerumafesta

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo