Acessibilidade – Guia básico para a produção de eventos

< Voltar DicasProduçãoProdução de Eventos por Alessandra Pirotelli em

Você sabia que existem mais de 15 milhões de pessoas no Brasil que possuem algum tipo de deficiência severa?

É essencial que um evento, independente do seu tamanho, seja planejado para receber todas as pessoas, incluindo as que possuam alguma deficiência ou tenham sua mobilidade reduzida. Assim, é garantido conforto, segurança e diversão para que todos possam aproveitar o local da mesma forma.

Por isso, decidimos criar um guia básico com 4 pontos básicos, para que produtores de eventos possam planejar seus próximos eventos pensando no acesso de todos.

1 – Orçamento e local

imagem_materia

Primeiramente, no momento da escolha do local do evento, é essencial que o espaço possua o mínimo de infraestrutura.

Qualquer mudança que seja necessária no ambiente influenciará no seu orçamento. Por isso, lembre-se de checar se há acessos por rampas ou elevadores, sanitários adaptados para pessoas com deficiências e espaços para cães-guia, por exemplo.

Se não houver, inclua todas as adaptações na previsão do seu orçamento. Caso fique inviável, é melhor procurar um local que já esteja preparado.

2 – Acessibilidade dos banheiros

As pessoas que utilizam cadeira de rodas necessitam de banheiros adaptados. O ideal é que, no mínimo, 5% dos banheiros disponíveis sejam adaptados.

É interessante pensar também em banheiros que sejam planejados para crianças e pessoas de baixa estatura.

Para facilitar a localização desses ambientes, inclua sinalizações visuais e também em braile. 

3 – Vagas de estacionamento e acesso 

acessibilidade-em-eventos

Caso o local possua estacionamento, a regra é a mesma dos banheiros, ao menos 5% do total de vagas devem ser reservadas para pessoas que possuem deficiência. 

Para que seja possível uma fácil identificação das vagas, utilize placas ou desenhos no chão com o simbolo internacional de acessibilidade ( O azul com uma pessoa sentada na cadeira de rodas). 

Uma vez dentro do local, não se esqueça que as pessoas precisam acessar todos os locais com tranquilidade. Certifique-se de que haja elevadores, rampas e indicadores desses locais.  

4 – Sinalização

Como visto nos outros tópicos, a sinalização é fundamental. Mas não basta ter apenas um símbolo na parede, colocado em qualquer lugar. A sinalização precisa estar bem localizada e com cores vivas. 

Além disso, se possível, inclua sinais e avisos sonoros e também opção de leitura em braile.  

Comentários