Chegou a hora de você tomar uma decisão. E agora?

< Voltar Dicas por Alessandra Pirotelli em

Muitos empreendedores se perguntam o que fazer para obter segurança suficiente para tomar um decisão correta. Você certamente já se perguntou isso também, ou pelo menos não se sentiu tão preparado para dar um próximo passo.

Eu te respondo que nada tem a ver com coragem, mas sim com ousadia. São dois conceitos totalmente diferentes. Ambos passam pelo risco, é verdade. Mas para chegar até a coragem você passou por um período de medo e dúvida. Já para ser ousado é preciso estar bem preparado e nunca duvidar de você mesmo.

Pense um pouco!

Cada causa tem uma consequência, certo? Então organize as suas ideias, pode ser mentalmente mesmo. Quando achar que encontrou um ponto fixo, comece a escrever e organiza-las em um lugar onde possa visualizar, modificar e reorganizar. Descanse a cabeça e repita o processo. Nenhum projeto ou tomada de decisão vem de uma outra para outra. O nosso cérebro precisa estar centrado para encontrar o melhor caminho a percorrer. As consequências de ações precipitadas podem botar tudo a perder ou até mesmo fazer você desistir de uma ideia boa por não dedicar tempo suficiente para ela. Informar-se é estar em constante aprendizado.

Seja otimista, mas realista. Não adianta viajar nas ideias sem saber a hora de voltar. Muitos fatores podem afetar as suas decisões, como a falta de humildade, ser muito sentimental e não olhar o que acontece ao redor de você. A racionalidade nos faz ver as coisas tal como são, é o preto no branco, é isso ou não é. Depois que a sua escolha foi feita, aí você já pode desenvolver e abusar da criatividade.

Lembre-se que trabalhar sozinho pode ser bom, mas chega um momento em que é preciso compartilhar com alguém, externalizar, apresentar a sua perspectiva para outros olhares. Isso pode te ajudar a enxergar coisas que deixou passar e ter um melhor entendido de outros pontos importantes que precisa reconsiderar.

Você, como uma pessoa ousada, vai arriscar. Faz parte do seu instinto, mas até o risco precisa ser planejado. Conheça tudo do seu projeto, evento ou ideia. Todos os pontos merecem a mesma atenção, ainda que um detalhe ou outro seja mais importante no final. Vale lembrar que uma coisa pequena pode gerar um problema gigante. Comece a reconsiderar tudo.

Muita gente diz que a gente se prepara a vida toda para alguma coisa. Você, para quê está se preparando?

Comentários